Hostconect – Soluções Web

A nova lei GDPR – O que muda com a nova legislação ?

A nova lei GDPR – O que muda com a nova legislação ?

A lei GDPR, Regulamento sobre Proteção de Dados, em português, entrou em vigor em maio de 2016. Ele é um conjunto rigoroso de regras relacionado a privacidade em vigor na União Europeia.  É o regulamento de privacidade de dados mais importante nos últimos 20 anos. Mas o que isso tem a ver com quem mora no Brasil? Bem, o regulamento afeta outras partes do mundo, incluindo o Brasil. Entenda como.

Afinal, o que é a lei GDPR?

É um projeto que começou a ser idealizado em 2012 e foi aprovado em 2016, que tem como objetivo a proteção de dados e identidade dos cidadãos da União Europeia. Eles já possuíam leis relacionadas à privacidade, mas estavam desatualizadas. Por isso a criação do GDPR.

Existem algumas obrigações a serem seguidas, sendo elas:

  • Escolha do usuário de como os seus dados serão tratados, seguida da autorização do seu uso;
  • O usuário obrigatoriamente precisa saber para qual finalidade seus dados estão sendo utilizados;
  • Possibilidade do usuário solicitar a cópia, migrar dados ou acessar seus dados para outros serviços;
  • Utilização de linguagem transparente sobre o uso dos dados;
  • Notificação para as autoridades de até 72 horas em caso de violação ou vazamento de dados;
  • Desde o início, o projeto de um sistema a proteção de dados deve ser considerado;
  • A depender do contexto, empresas precisarão trabalhar com um Data Protection Officer (DPO), um executivo responsável pelo gerenciamento de requisições, comunicação com autoridades e garantia de aplicação das regras do GDPR.

As penalidades em relação as violações são variadas de acordo com a grau de gravidade do ocorrido. As multas podem ser entre 2% a 4% do faturamento global da empresa. São normas muito relevantes, em especial para e-commerces.

E em relação ao Brasil?

O regulamento é válido para quase todo tipo de serviço que chega a um cidadão de um dos países do bloco, a exemplo de um site brasileiro que seja acessado por clientes da União Europeia. Ele precisa necessariamente se enquadrar, a fim de não desrespeitar a lei. Isso vale especialmente para lojas online que queiram enviar seus produtos para clientes da União Europeia.

Por isso, muitas empresas estão se ajustando a lei GDPR. A internet é um ambiente vasto e o acesso é praticamente ilimitado, cabendo esse cuidado, para que toda a plataforma da empresa, ou pelo menos grande parte dela, não corra o risco de infringir regras.

Logo, independente do país, lojas online, redes sociais e outras plataformas estão modificando alguns recursos. Um bom exemplo é o próprio Facebook, que já permite que o usuário apague ou faça download de dados pessoais dentro da rede social.

E como a sua empresa entra nessa história?

Alguns pontos precisam ser observados para alteração nas ações de marketing, sendo eles:

Alteração das Landing Pages, deixando de forma clara e objetiva o motivo da captura de dados;

  • Caso o Lead deseje ter os dados apagados, dar a opção de exclusão definitiva dos dados;
  • Caso o Lead deseje ter acesso a quais dados a sua empresa tem de forma armazenada, conceder essa informação para ele;
  • Incluir alerta de cookies em páginas monitoradas;
  • É aconselhável fazer alterações nos termos de uso, contratos e também políticas de privacidade, dispondo de quais serviços dão utilizados para processamento e armazenamento de dados do Lead;

 

É possível compreender que mudanças precisarão ser feitas, não somente na área de Marketing, em diversas empresas, do Brasil e no mundo. Para tirar todas as dúvidas é importante acessar esse site, onde consta o texto final em português do regulamento. Importante sempre ter como suporte um especialista na área para guiar todos esses processos pra você e para a sua empresa.

Espera-se que essa medida melhore problemas relacionados com a privacidade dos usuários dentro da internet, e sem sombra de dúvidas é uma das medidas mais firmes em relação ao uso de dados pessoais até então. As expectativas são positivas e é importante que as empresas comecem a se preocupar mais com a segurança dos seus clientes, tomando precauções como as citadas acima.

Por isso, aproveite para enviar esse artigo para todos aqueles que possuem sites e lojas online. É muito importante que todos se informem sobre essa nova medida e entenda as suas repercussões. Precisando de um site ou loja virtual entre em contato conosco !

Deixe uma resposta

Fechar Menu
WhatsApp Podemos Conversar ?